segunda-feira, 23 de maio de 2011

Por pais mais responsáveis?

(Responda pergunta no final do post)
É difícil falar da relação da criança com a internet sem atribuir aos pais a responsabilidade pela permissão desses acessos e pelo controle do conteúdo visualizado. Sabemos que uma boa educação e um diálogo eficaz e de grande abertura para a criança poder respeitar e confiar na atitude e nas regras dos pais é essencial. Também, sabemos que transmitir as informações necessárias à segurança é uma atitude assertiva e tirar as dúvidas dos filhos possibilitam que os próprios pais se sintam seguros em relação ao comportamento destes de acessar ou não os sites e conteúdos impróprios aos mesmos.

Segundo o advogado Donaldo de Assis Borges, no site do Brasil Escola, é necessário os pais tomarem cuidado com os dois lados dai internet:

"Na verdade, a Internet pode representar tanto um bem como também um mal. Existe um ditado popular que diz que a dose é a distância que separa o remédio do veneno. Esta analogia também é cabível para a Internet, especialmente em relação às crianças e aos adolescentes, onde a dose do uso da Internet deverá ser prescrita e ministrada por pais ou responsáveis."

Se estes pais não estão no controle da situação e nem sabem o que seus filhos costumam acessar, acabam eles mesmos expondo-os aos perigos da rede. Portanto, é importante que se dediquem a estes cuidados, pois conteúdos maus e bons estão disponíveis, e cabe aos pais educarem seus filhos e dar-lhes consciência do que podem, devem e não devem acessar, e estipular tempo, que é algo muito importante.

O site Cada Minuto traz uma porcentagem muito alta de crescimento da pedofilia pela internet em Alagoas em 2010, mas esse é apenas mais um exemplo de como a falta de controle dos pais podem acabar prejudicando os filhos por conta do mal uso da web. São os pais que compram e colocam em casa os computadores, são os pais que liberam o acesso a internet para os filhos, então também devem ser eles que devem exercer os limites.


Pergunta: Quais os piores efeitos, além da pedofilia na internet, as crianças estão expostas quando não são supervisionadas? Responda na pág. de comentários!

domingo, 22 de maio de 2011

O que crianças fazem e o que pais devem fazer

video

Vídeo auto-explicativo

Relação entre pais e filhos minimizando riscos


Este vídeo, na verdade, traz apenas o áudio de um programa a respeito de como os pais podem, no contato de confiança com os filhos, minimizar os riscos de que as crianças correm na internet. A entrevista é com Djalma Andrade, do Movimento Internet Segura.

Pela Internet


Gilberto Gil

Composição : Gilberto Gil
Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleja ...(2x)
Que veleje nesse informar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé
Um barco que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve meu e-mail até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer
Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut
De Connecticut de acessar
O chefe da Mac Milícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus para atacar os programas no Japão
Eu quero entrar na rede para contatar
Os lares do Nepal,os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Mundo de mentira?



Bom, há controvérsias de que o mundo virtual seja um mundo de mentira, mas também sabemos que não se trata de uma realidade total. Será que a internet mais ajuda ou atrapalha? E sobre a idade, será que existe uma idade ideal para a criança ter acesso à web?
Segundo o site RedePsi:
"A internet é uma "terra sem dono". Qualquer um pode representar qualquer papel, e não há controle absoluto sobre a segurança dos dados que alí são colocados. A quantidade de problemas que uma exposição indevida na rede pode causar é incalculável."
Então, podemos ratificar que a rede não é um mundo totalmente real, que não deve ser acessada por pessoas que não tenham instruções para o fazer de forma segura e que não são totalmente responsáveis por si. Ou seja, não se pode simplesmente liberar o acesso às crianças e adolescentes sem antes destrinchar com eles todas as regras dispostas nos sites citados no post abaixo (Dicas para se manter seguro na internet). Sabemos que essa não é a realidade como a conhecemos e que é difícil de ser aplicada, já que se pode ter acesso à rede em aparelhos móveis ou qualquer lan house de qualquer esquina sem que um responsável possa ter controle.

A internet muito ajuda a quem sabe utilizá-la com bom senso e consciência do seu papel de cidadão, pois atos de violência, plágio, falsidade ideológica e abuso infantil são também crimes, estão sendo cometidos na internet, mas também podem receber punição. Para denunciar crimes na internet acesse o site SaferNet, clique no tópico que corresponde ao crime cometido e indique o site a ser denunciado e comentário sobre a denúncia.

Vamos ajudar a educar uma geração de gênios de verdade que utilizam uma ferramenta tão importante como a internet para disseminar o bem e o conhecimento.

Ipê


Na voz da cibercultura
Anexando magia...
Conexão-fantasia:
Criador e criatura
Tornados bits e bytes,
Vivos no meio eletrônico;
Trovadorismo biônico;
Poetas de websites!
Vão colorindo a internet:
Gente que se compromete
Co'a poesia atual.
Provedores de canções,
Compactando emoções...
Ondas de amor virtual!
Ederson Peka
28/06/2006


Um poema para nos fazer refletir sobre as coisas boas da internet. Há muito de bom a ser compartilhado, como os sentimentos dos poetas, o carinho entre amigos e diminuir a distância entre pessoas que não podem se ver. Geralmente falamos apenas em coisas práticas como trabalho, pesquisas escolares e formas de otimizar o tempo. O que acontece é que os sentimentos também têm vez quando se trata de ciberespaços.
O título desta postagem é o nome do poema.
Enfim, um conteúdo mais suave para que o nosso blog não pareça tão impessoal.

Dicas para se manter seguro na internet

Um vídeo rápido que traz informações importantes sobre a nossa temática! Salientando a importância da presença dos pais como responsáveis pelo acesso dos seus filhos à internet.
Outras dicas e vídeos podem ser encontrados no site do Dia da Internet Segura e da Criança mais segura na internet. No site Criança mais segura na internet há um link para vídeos só com temáticas educativas em animações, para facilitar o entendimento das crianças de que medidas de segurança tomar para estarem protegidas e poderem desfrutar das coisas boas da internet.
Clicando aqui você pode ter acesso à cartilha da OAB de São Paulo sob o título de Uso Seguro da Internet Para Toda Família, contendo 11 capítulos em 26 páginas com as dicas mais importantes para proteger sua família dos perigos da internet.